voltar
05-03-2018
Festival de Cinema de Jaraguá do Sul recebeu mais de 200 inscrições de conteúdo audiovisual

O 1º Festival de Cinema de Jaraguá do Sul acontece daqui a três meses e, aos poucos, detalhes da programação vão sendo divulgados para alimentar a expectativa dos amantes da sétima arte. O período de inscrições para os produtores que desejam exibir seus filmes encerrou nesta sexta-feira (16). Conforme a organização, mais de 200 trabalhos foram cadastrados. Uma comissão irá selecionar cerca de 90 para serem apresentados ao público durante o festival e concorrer à premiação.

Quer receber as notícias do OCP Online pelo whatsApp? Basta clicar aqui

Integrante da comissão organizadora do evento e produtor cultural, Isaac Una revela que muitas inscrições vieram de países da Europa e América Latina. Produções nacionais e locais também integram a lista. “Recebemos um material bem eclético e que atende a todas as exigências do edital. Têm documentários, suspenses, aventuras, animações, dramas”, observa Isaac.

Conforme o escritor e consultor da Rede OCP, Nelson Luiz Pereira, que integra o grupo gestor do evento ao lado de Huna, Mariana Pires e Claudia Mahfud, o festival jaraguaense tem um propósito “muito particular, de fomentar a produção audiovisual na cidade e incentivar a produção durante o ano todo”. Pereira destaca que o evento é democrático, sendo para amadores, iniciantes e profissionais.

O festival foi aprovado pelo Ministério da Cultura para captar recurso pela Lei Rounet, um total R$ 284 mil que podem ser doados por empresas e pessoas físicas por meio da dedução do Imposto de Renda. A programação do evento ocorre entre os dias 14 e 19 de maio. Nos três primeiros dias de festival, o público poderá participar de workshops sobre roteiro, animação e fotografia. Os outros dias serão destinados à exibição de longas, curtas e meia metragens, nos formatos para cinema, TV e plataformas online.

Movimento para beneficiar Jaraguá do Sul

Os organizadores enfatizam que o Festival de Cinema irá beneficiar diferentes setores da economia e somar ao desenvolvimento da cidade. “Muitas pessoas que não conheciam Jaraguá, agora já se interessam pelo lugar. É um festival fora do eixo Rio-São Paulo, que transforma uma cidade do interior em um polo de produção audiovisual”, aponta Pereira. O escritor ainda comenta que a comunidade precisa “abraçar o evento para fazer acontecer”.

A comissão aposta no potencial do empreendedorismo cultural para a economia e acredita em um novo conceito de matriz de desenvolvimento, relacionando cultura e negócios. Além da captação de recursos via Lei Rouanet, que tem até o dia 31 de dezembro deste ano para acontecer, a organização tem apoio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e busca patrocínio com entidades e empresários. O festival deve acontecer em espaços da Scar e do Sesc.

Entre os profissionais já confirmados para o eventos estão o roteirista Fernando Bonassi, o diretor de conteúdo do canal Climatempo, Paulo Polli, o responsável pela aquisição de conteúdo e novos negócios da RedeTV!, Rafael Bezerra e a jornalista e apresentadora, Renata Boldrini.

Fonte: OCP

https://ocponline.com.br/festival-de-cinema-recebeu-mais-de-200-inscricoes-de-conteudo-audiovisual/